Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Semana Nacional de Ciência e Tecnologia de 2023 é avaliada positivamente pela comunidade

Publicado: Quinta, 07 de Dezembro de 2023, 17h07 | Última atualização em Sexta, 08 de Dezembro de 2023, 13h22 | Acessos: 529

Evento foi realizado com apoio do MCTI/CNPq e recebeu mais de 800 visitantes


 

Comissão Organizadora em registro pós-evento [Fotografia: Jordânia Ozório]


A Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT 2023) realizada no Campus Votuporanga do IFSP, entre os dias 16 e 21 de outubro, foi bem avaliada pela comunidade interna. Com o tema "Ciências básicas para o desenvolvimento sustentável", o evento promoveu mais de 20 atividades em sua programação diversificada, tendo envolvido a participação direta e indireta de mais de 2000 pessoas.

A abertura da SNCT 2023, na noite do dia 16, contou com palestra sobre os desafios energéticos do século XXI e os papéis das biorrefinarias e dos biocombustíveis, ministrada pelo professor José Geraldo Nery, da Unesp São José do Rio Preto. Na manhã seguinte, a professora da área de biologia Aline Gomes Zaffani procurou sensibilizar a plateia do Anfiteatro sobre a importância das relações entre indivíduo e coletividade para a prática da ideia de sustentabilidade.

Nos dias 18 e 19, o IFSP realizou a 8ª edição do Casa Aberta, que contou com adesão de 10 escolas de Votuporanga e região. O Campus Votuporanga recebeu mais de 600 estudantes, que conheceram a estrutura da unidade e puderam percorrer as diversas instalações com trabalhos expostos. No pátio, houve apresentação de projetos de robótica e em salas de aula a IV Mostra de Trabalhos e a III Feira de Ciência, Cultura e Tecnologia. O público teve a oportunidade de interagir e se surpreender com as pesquisas, inovações e descobertas apresentadas pelos estudantes do IFSP.

 

Visitantes de escolas de Votuporanga-SP e região conheceram a estrutura do campus [Fotografia: arquivo do IFSP]


Outra atividade que chamou a atenção foi o 2º Torneio de Robótica, realizado no pátio. Os competidores demonstraram habilidades na modalidade Sumô de Robô Controlado, promovendo um ambiente de aprendizado e competição saudável.

Na noite do dia 20, o tradicional Sarau Federal aconteceu no estacionamento com estilos musicais diversos em palco coberto. Por meio de Chamada Pública, foi montada estrutura que contou com instrumentação de luz e som profissionais, além de “food parque” para consumo de bebidas não alcóolicas, doces e pratos salgados.

A manhã do dia 21, um sábado, teve a competição de Ponte de Macarrão, que movimentou o Anfiteatro com as turmas do curso de Engenharia Civil. Os  participantes  tiveram  o  desafio  de  construir  uma  ponte  utilizando  apenas macarrão  e  cola,  com  o  objetivo  de rompê-la com a carga projetada. A ponte vitoriosa foi calculada para suportar 10Kg e se rompeu exatamente com essa carga. Ainda no palco, antes da premiação, outra equipe conseguiu que sua ponte, projetada para 13Kg, suportasse 33kg suspensos sob si.

 

Equipe vencedora recebe o troféu das mãos do menino Vicente, filho do professor Alexandre de Oliveira [Fotografia: Augusto Miceno]


Enquanto isso, no estacionamento, Demilson  Quintão,  do IPMET/Unesp-Bauru,  e  Paulo  Rebouças,  especialista  em  radioamadorismo,  compartilhavam seus  conhecimentos  sobre tecnologias  empregadas  na meteorologia  e  comunicação  por  ondas  de  rádio. A  palestra  foi  finalizada  com  o  lançamento, monitoramento  e  resgate  de  um  balão  meteorológico  que  transportava  uma  radiossonda  e  uma repetidora  para  comunicação  a  longas  distâncias.  Essa  foi  a  primeira  vez  que  o  balão  foi utilizado  no  evento,  e  a  equipe  de  radioamadorismo  conseguiu  resgatar  a  sonda,  que  foi encontrada  em  Cardoso-SP,  a cerca de 40 km de Votuporanga-SP, no meio do Rio  Grande.  Além  disso,  os  radioamadores  formaram  um canal  temporário  de  comunicação  com  pessoas  de  cidades  como  Campo  Grande-MS,  Goiânia-GO,  São Paulo-SP e  Curitiba-SP.

 

Balão metereológico foi lançado com a presença de equipe de telejornalismo de emissora aberta [Fotografia: Alexandre de Oliveira]


Recursos do CNPq/ MCTI. Por meio da Chamada CNPq/MCTI Nº 01/2023, o Campus Votuporanga obteve R$ 36.584,00 para a realização da SNCT 2023, tendo sido um dos 8 campi do IFSP a receber recursos.

O projeto local contemplado junto ao Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), órgão vinculado ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), foi construído e submetido pela bibliotecária Rejane Galdino, para quem a disponibilidade de recursos foi essencial para a realização das atividades. “Possibilitou o pagamento de diárias e passagens aos palestrantes e aquisição dos materiais necessários para execução”, destaca.

 

Apoio do CNPq/MCTI proporcionou qualidade ao evento [fotografia: arquivo do IFSP]


No caso da Ponte de Macarrão, foi possível garantir que todas equipes competissem com a mesma qualidade e quantidade de macarrão, o que contribuiu para o aumento da adesão dos estudantes.

 

Avaliação da Comunidade

Desembarque de estudantes de Votuporanga-SP e região para o Casa Aberta [Fotografia: arquivo do IFSP]


Presidente da Comissão Organizadora da SNCT 2023, Rejane sublinha que a programação e suas atividades foram construídas previamente a partir de consulta à comunidade, o que ocorreu em junho por meio de formulário eletrônico amplamente divulgado. “Organizar um evento deste porte é constantemente desafiador e acredito que como comissão, subcomissões e colaboradores conseguimos oferecer atividades diversas e de qualidade às comunidades interna e externa”, analisa.

De 27 de outubro a 7 de novembro, a Comissão Organizadora da SNCT 2023 no Campus Votuporanga recebeu avaliações por formulário eletrônico sobre a programação e a execução do evento. Rejane conta que a avaliação da comunidade foi muito positiva. “De modo geral, a SNCT 2023 foi produtiva e cumpriu com seu objetivo: incentivar e consolidar atividades científicas e tecnológicas para as comunidades interna e externa”, assinala.

O resultado das avaliações foi analisado e debatido pela Comissão Organizadora no dia 22 de novembro e fundamentará o Relatório Final. Na reunião, também foram apresentados os valores executados com recursos do MCTI/CNPq e discutidos os encaminhamentos para a próxima edição.

 

III Feira de Cultura, Ciência e Tecnologia teve mais de 40 trabalhos expostos [Fotografia: arquivo do IFSP]


Organizador do Casa Aberta desde 2014, Fernando Barão de Oliveira, atualmente Coordenador de Registros Acadêmicos (CRA), comemora a retomada dessa ação institucional em 2022, quando o Campus Votuporanga recebeu 475 visitantes depois de um hiato de dois anos por conta da crise sanitária decorrente da pandemia do novo coronavírus. “O Casa Aberta é uma oportunidade ímpar onde estudantes da região podem conhecer os trabalhos de diversas áreas, desenvolvidos por estudantes dos nossos cursos”, afirma.

Para a edição 2024 da SNCT, o Casa Aberta seguirá como evento fundamental para a vinda da comunidade externa. “Pretendemos ajustar o número de experimentos da Feira de Ciências e também o tempo de visita, para que o visitante possa aproveitar mais o evento”, diz Fernando.

 

9ª edição Sarau Federal teve bom público na noite do dia 20 de outubro de 2023 [Fotogragia: arquivo do IFSP]


 

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página