Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Formandos da segunda turma de Física são aprovados em programas de mestrado

Publicado: Segunda, 22 de Fevereiro de 2021, 22h48 | Última atualização em Segunda, 22 de Fevereiro de 2021, 22h49 | Acessos: 216

O total é de 6 aprovações em universidades públicas


Leonan Pera e Ruan Saraiva em visita ao Câmpus Votuporanga para produção fotográfica da divulgação

[foto: arquivo/IFSP]


 

Unesp, USP/São Carlos/São Paulo e UFU são as instituições públicas em que Leonan Augusto Massete Pera e Eduardo Ruan Saraiva obtiveram, cada um, três aprovações em programas de pós-graduação stricto sensu. Os dois são formandos da segunda turma do curso de Licenciatura em Física do Câmpus Votuporanga e colarão grau, já matriculados no mestrado, no dia 25/02, a partir das 20h, em cerimônia on-line.

 

Leonan Pera escolheu a Unesp/Ibilce, em São José do Rio Preto-SP, e será estudante do Programa de Pós-Graduação em Biofísica Molecular, tendo como orientador Elso Drigo Filho, pesquisador que também orientou a produção da tese de doutorado de Josimar Fernando da Silva, professor de Física do Câmpus Votuporanga com quem Leonan teve a oportunidade de trabalhar como bolsista de Iniciação Científica (PIBIFSP) e no trabalho de conclusão de curso.

 

Desde o início do curso, em 2017, procurei me envolver com projetos de Ensino, Pesquisa e Extensão”, conta Leonan, também aprovado na USP/São Paulo (Física) e na UFU/Uberlândia (Física). O agora quase egresso do curso de Física também foi estudante do IFSP no Ensino Médio, tendo concluído o Técnico em Informática em 2016. Estou muito feliz com as três aprovações, ansioso para continuar meus estudos e pesquisas na Unesp e grato por toda minha trajetória no IFSP Câmpus Votuporanga”, comemora.

 

Eduardo Ruan Saraiva optou pela USP/São Carlos, mas também foi aprovado na USP/São Paulo e na UFU/Uberlândia. Acadêmico com experiência no Pibid/IFSP e como bolsista do PIBIFSP, produziu trabalho de conclusão de curso que aborda as possibilidades da utilização de materiais paradidáticos no ensino de Física.

 

O coordenador do curso, professor Eduardo Rogério Gonçalves, destaca o protagonismo dos egressos em cursar mestrado, podendo escolher a instituição. Em 2020, os formandos da primeira turma também conquistaram aprovações. “É sinal de muita dedicação deles e de toda comunidade acadêmica. Conseguiram todo esse sucesso, mesmo com tantas dificuldades que temos em formar professores neste país”, crava o docente.

 

Leonan Augusto Massete Pera – 21 anos

- Técnico em Informática Integrado ao Ensino Médio (IFSP Câmpus Votuporanga, de 2014 a 2016)

- Bolsista no projeto de Ensino intitulado “A monitoria na perspectiva da formação do futuro professor de Física” (2018);

- Voluntário no projeto de extensão “Experimento de baixo custo para o ensino de sica em nível médio” (2017);

- Bolsista do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência – Pibid (2018);

- Voluntário do Pibid (2019);

- Bolsista de Iniciação Científica (IC) pelo Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica e Tecnológica do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia de São Paulo (PIBIFSP) com uma pesquisa no ensino de Física intitulada “Possibilidades de inovação metodológica com a utilização de RPG no ensino de Física”, sob a orientação do professor Ivair Fernandes de Amorim (2019);

- Bolsista do PIBIFSP no projeto intitulado “Cálculo do estado fundamental da energia vibracional das moléculas de H2 e LiH”, sobre o uso do Método Variacional para solucionar a Equação de Schrödinger e encontrar autovalores de energia para moléculas diatômicas, realizado sob orientação do professor Josimar Fernando da Silva (2020).

 

Eduardo Ruan Saraiva25 anos

- Bolsista do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência – Pibid (2018);
- Bolsista de Iniciação Científica (IC) pelo Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica e Tecnológica do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia de São Paulo (PIBIFSP) com uma pesquisa no ensino de Física intitulada “Textos Paradidáticos e o Ensino de Física: uma experiência reflexiva na formação inicial de professores”, sob a orientação do professor Ivair Fernandes de Amorim (2020).

 

registrado em:
Assunto(s): Física , Egressos , Mestrado ,
Fim do conteúdo da página