Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Pró-Reitoria de Extensão visita o câmpus Votuporanga

Publicado: Quinta, 03 de Outubro de 2019, 00h08 | Última atualização em Domingo, 13 de Outubro de 2019, 11h06 | Acessos: 307
imagem sem descrição.

Uma delegação da Pró-reitoria de Extensão (PRX) do IFSP compareceu ao Câmpus Votuporanga no último dia 4 de setembro para acompanhamento do Programa de Extensão "Mulheres do IFSP". Liderada pelo professor Wilson de Andrade Matos, pró-reitor de Extensão, a delegação acompanhou atividades do Projeto "Manutenção: Mulheres em Ação", em execução desde 19 de agosto com turma de 25 mulheres.

 

Segundo o gestor, a visita visa a prestigiar a ação de extensão e, sobretudo, tratar do fortalecimento do programa no IFSP como um todo. "Nesta rodada, são 4 câmpus visitados: Votuporanga, Tupã, Birigui e Catanduva", conta o gestor que reforça o acompanhamento do programa e a importância de se mapear as dificuldades, ouvindo diretamente as mulheres atendidas. "Além disso, nossa visita também se pauta pela questão da curricularização da Extensão, em construção com a comunidade. Portanto, o diálogo com os servidores, estudantes e coordenadores de projetos de extensão é fundamental para que esse processo seja democrático e efetivo", crava.

 

Delegação da Pró-Reitoria de Extensão com a equipe do projeto e a turma de mulheres

 

Também estiveram presentes as servidoras Elaine Alves Raimundo, Diretora-Adjunta de Desenvolvimento Comunitário, e Fernanda Sorrentino Atanaes, Diretora de Programas e Projetos, ambas da PRX. As gestoras participaram de roda de conversa com as mulheres estudantes e com a discente-bolsista do projeto, Cecília Carniello Correa, do 5º de Engenharia Civil.

 

Bolsista analisa o projeto

 

Cecília Carniello Corrêa está no último ano de Engenharia Civil e foi selecionada para atuar como bolsista no projeto local do Mulheres do IFSP. Experiente, depois de ter participado de 2 projetos de Iniciação Científica (IC) e de 1 projeto extensão sobre jogos lúdicos no auxílio do ensino de Ciências Exatas, encontrou no Mulheres do IFSP a oportunidade de conjugar formação profissional e empoderamento feminino junto a uma turma heterogênea. Em sua avaliação, é preciso "problematizar o mundo do trabalho e falar sim sobre machismo, juntamente com a oferta de educação profissional".

 

Todas as quartas-feiras pela manhã são reservadas para ações e atividades que tratem sobre importância da igualdade de direitos entre homens e mulheres. Segundo Cecília, é preciso "mostrar a elas que são capazes. E isso é algo tão importante quanto a lição profissional". Em novembro, a estudante apresentará trabalho de conclusão de curso sobre transporte público.

 

Nos dias 5 e 6 de outubro, cerca de 13 estudantes do projeto irão a Feira do Empreendedor, na cidade de São Paulo, em caravana com a unidade Votuporanga do Sebrae.

 

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página